Novo livro de cordéis de Marco Haurélio e Arlene Holanda contará a história de antigo império africano

Era um jovem audacioso/ Ilustre e respeitado,/ Que, em busca de aventuras,/ Corria todo o reinado,/ Com uma espada já velha,/ O seu único legado. Foi assim que, aos 13 anos de idade, o autor baiano Marco Haurélio apresentou o protagonista de O Herói da Montanha Negra, de 1987, seu primeiro romance em cordel – gênero literário tipicamente nordestino escrito em rimas. A partir daí, Marco engajou-se na criação e difusão do cordel pelo país. Em 2015, o autor lançará pela Global Editora um novo livro, intitulado Uagadu – Uma Odisseia Africana, em parceria com a escritora Arlene Holanda. A obra contará, em forma de cordel, a história de Uagadu (“País dos Rebanhos”), também conhecido como Império de Gana, antigo Estado localizado na África Ocidental.

“Depois de ler A Gênese Africana, de Leo Frobenius, surgiu o interesse de contar a história de Uagadu, que aparece em quatro narrativas lendárias do referido livro”, explica Marco Haurélio. “Um dia, conversando com a Arlene, ela me disse que estava pensando em escrever um livro sobre o mesmo tema”, completa. Surgiu aí a ideia de unirem forças para publicar um livro sobre as lendas africanas. A autora cearense realizou a partilha montanha negra luciano3das histórias e ficará responsável pela adaptação das duas primeiras: A Canção de Gassire e O Tabele Mágico. Já Marco ficará com as duas últimas: A Grande Serpente Bida e Samba Gana.

Previsto para o segundo semestre de 2015, Uagadu – Uma Odisseia Africana será um livro voltado principalmente para o público infantojuvenil, “mas deve agradar a leitores mais velhos também, estejam eles habituados a ler cordel ou não”, esclarece Marco Haurélio.

O autor promete uma leitura inusitada, pois fará uma desconstrução do estereótipo africano – que geralmente retrata a África como homogênea, exótica, selvagem e atrasada –, e apresentará personagens tão nobres quanto os famosos heróis e heroínas europeus. “Enfim, Uagadu traz, em suas quatro histórias, a grande experiência humana”, assegura o autor.

Marco Haurélio tem publicado pela Global Editora o livro Meus Romances de Cordel, que conta com histórias que escreveu ao longo de 20 anos, participou também da seleção de textos das obras Caminhos Diversos – Sob os Signos do Cordel, do autor Costa Senna, e Antologia do Cordel Brasileiro.