Dia Mundial do Meio ambiente – Rubem Braga e a Natureza

A Natureza, forte que só ela, também pede cuidados. E pede reparo, nos pelo menos dois sentidos que essa palavra pode ter: de restauração da saúde do planeta, que rapidamente sugamos, transformamos em coisas e depois lixo, quanto no de observação cuidadosa, admirada.

Rubem Braga, como cidadão e como escritor, tanto cuidou da Natureza quanto reparou em seus detalhes mais ricos. Ricos em significação. E transformou sensações e conhecimento em muitas crônicas sobre o tema, como as do livro Dois pinheiros e o mar (Global Editora). Nesse Dia Mundial do Meio Ambiente, entre tantas obras, destacamos esta, do mais importante cronista brasileiro em todos os tempos.

Sobre a crônica A ÁRVORE:


Compre aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *