O gênio do Gênio faz 82 anos

João Carlos Marinho é um homem que dá vida aos livros. Dar vida a personagens – mas vida mesmo, o que significa mais do que escrever e descrever – talvez não seja o máximo que imaginou Mary Shelley em seu clássico Frankenstein, mas provavelmente está entre as mais belas e importantes (e reais) habilidades humanas. Esse termo, dar vida aos livros, vem do próprio João Carlos, quando se refere à lição que apreendeu de Monteiro Lobato, outro gênio.

Quantas pessoas hoje leem livros porque um dia, em sua juventude, leram O gênio do crime? Difícil saber. A gente imagina que uma garota que tinha 10 anos em 1969, quando o livro foi lançado, hoje esteja com 58 anos. E após 60 edições – 13 reimpressões da última -, imagine quantas gerações foram tragadas para a boa leitura a partir da primeira aventura da Turma do Gordo. 

Nesse 25 de setembro, nosso grande João Carlos Marinho comemora mais um ano de vida. Fica aqui nossa pequena homenagem ao Gênio do gênio:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *