Eu sozinha, o primeiro livro de Marina

Eu sozinha é o primeiro livro de Marina Colasanti, publicado no fim da década de 60. Esqueça da ficha catalográfica, ele não tem um gênero definido – o que o torna atual, entre outros elementos. Escrito de pontos de vista diferentes do tempo entre as páginas pares e ímpares, ele se constrói com narrativas independentes que formam uma única, como um ensaio, um pensamento, enriquecido pelo mais alto trato literário da palavra. O conteúdo é feminista, mas não com os significados difusos dessa segunda década do século 21, mas autenticamente feminista, de quem nos anos 60 vivenciou o exercício da liberdade de escolhas, do próprio corpo e da vida.

***

Adquira o livro na pré-venda:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *