Crônica é boa literatura – escute (e leia!) Loyola Brandão

Era uma apresentação para professores, em evento da rede municipal de São Sebastião. Ignácio de Loyola Brandão fez uma contundente defesa da crônica como um gênero literário que, em si, não é menor do que os demais. “Vocês por favor leiam as crônicas e trabalhem com os alunos”, disse ele, antes de revelar que sempre foi incentivado a ler crônicas por seus professores. Inclusive as de Rachel de Queiroz, a quem justamente substituiu na coluna do jornal O Estado de S.Paulo.

Ele lembra que alguns dos mais importantes escritores brasileiros de todos os tempos também foram cronistas, como Machado de Assis, Olavo Bilac, João do Rio e Lima Barreto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *