Jardins de poesia

Jardins é onde a poeta Roseana Murray e o escritor e ilustrador Roger Mello fizeram juntos brotar poesia, em palavras e imagens. Roger é quem fala nesse vídeo, sobre a proximidade da linguagem poética com a ilustração, no sentido de não serem limitadores de entendimentos, mas, pelo contrário, apresentarem possibilidades de leitura que dão mais poder ao leitor.

 

Quem é Roseana Murray?

Roseana Murray nasceu no Rio de Janeiro, em 1950. Publicou cerca de cem livros, tendo recebido diversos prêmios. Em 2001 recebeu junto ao ilustrador  da obra Jardins, Roger Mello, o Prêmio Melhor Livro de Literatura Infantil da Academia Brasileira de Letras (ABL). Seu trabalho foi incluído na lLista de Honra do Internacional Board on Books for Young People (IBBY), e tem vários de seus livros publicados no México e na Espanha.

Quem é Roger Mello?

Roger Mello nasceu em Brasília, em 20 de novembro de 1965, e atualmente mora no Rio de Janeiro. É formado pela Escola Superior de Desenho Industrial da Universidade Estadual do Rio de Janeiro. No início de sua carreira, trabalhou ao lado de Ziraldo, na Zappin, e também se dedicou ao desenho animado.

Vem se destacando como ilustrador e autor de livros infantis, sendo um dos nomes mais aclamados pela crítica e pelo público. Suas cores fortes e quentes preenchem traços carregados de dramaticidade e espírito lúdico, emprestando às obras de outros escritores um clima marcadamente brasileiro e alegre.

Esse também é o tempero essencial de muitos de seus livros, escrevendo principalmente recontos de lendas e histórias do folclore, revelando nuanças da alma e dos feitos do povo.

Conquistou diversos prêmios por seus trabalhos como ilustrador, autor de livros de imagem e livros para criança, dramaturgo e produtor visual.  Recebeu da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenilos prêmios Malba Tahan, Luís Jardim, Ofélia Fontes, Melhor Ilustração e 15 prêmios Altamente Recomendável.

Outros prêmios conquistados foram: Prêmio Jabuti de Ilustração e de Melhor Livro Juvenil; Prêmio Especial Adolfo Aizen; Prêmio pelo Conjunto da Obra da UBE; Prêmio Monteiro Lobato; Prêmio Adolfo Bloch e da Fondation Espace Enfants (Suíça) o Grande Prêmio Internacional. Conquistou duas vezes o selo White Ravens da Biblioteca Internacional de Munique. Em razão dos seus vários trabalhos premiados, tornou-se hors-concours dos prêmios da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). Por sua obra como ilustrador, venceu o prêmio Hans Christian Andersen 2014, considerado o Nobel da literatura infantojuvenil.

Compre aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *