Saindo um café completo

Por / 3 semanas atrás / Destaques, Gaia / Nenhum Comentário

Antes de tudo, vamos definir, nesse caso, o que significa completo: trata-se de um livro que é uma verdadeira experiência contínua sobre tudo que envolve o café, essa bebida sem a qual tem gente que nem respira. Obra da jornalista Giuliana Bastos, o Dicionário gastronômico – Café com suas receitas (Editora Gaia com a Editora Boccato) traz muita informação em verbetes de A a Z, fotos grandes, além da história do consumo de café no mundo e receitas mesmo, de pratos salgados, saladas, drinques e doces que têm café entre os principais ingredientes.

Se já não conhece, experimente esse grande presente para quem ama um bom café:

Blend – É a mistura que compõe o café, como acontece com alguns uísques e vinhos. Também chamado de liga, é determinante na qualidade da bebida, podendo conferir a ela grande equilíbrio ou desequilíbrio. […]

Café turco – O método mais antigo do mundo de preparar café é provavelmente a maneira como os primeiros apreciadores da bebida preparavam seus grãos. No Oriente Médio, no norte da África, na região do Cáucaso e nos Balcãs, o café costuma ser preparado assim, em pequenas e charmosas panelinhas de cobre ou latão, onde o café é fervido – é o único preparo que infringe a regra de nunca se ferver a bebida –, já com açúcar e depois misturado a uma semente de cardamomo ou outras especiarias, como canela e anis-estrelado. Foi dessa maneira que o café viajou por todo o mundo, espalhando seus aromas em uma bebida bastante concentrada e realmente amarga (por isso é adocicada já no preparo). […]

Superstições – Veja algumas superstições extraídas do livro Folclore do café, de Marina de Andrade Marconi:

  • Para ficar rico, deve-se tomar café sentado (o contrário é sentença de pobreza).
  • Para a noiva ser feliz no casamento, a primeira peça do seu enxoval deve der um coador de café.
  • Beber café na xícara do marido dá sorte.
  • Jogar três punhadinhos de café moído no fogo, a visita que está demorando vai embora depressa.

Receita de Frango ao café

Ingredientes:
1,5 kg de pedaços de frango desossados
5 dentes de alho picados
sal a gosto
1 xícara (chá) de café coado frio
1 colher (chá) de pimenta-calabresa
5 colheres (sopa) de óleo
2 colheres (sopa) de manteiga
3 cebolas médias cortadas em rodelas
1 abacaxi médio picado
1 colher (sopa) de gengibre ralado
3 colheres (sopa) de shoyu

Modo de preparo:
Em uma tijela, tempere o frango com o alho, o sal, o café e a pimenta-calabresa. Reserve. Em uma frigideira, aqueça duas colheres (sopa) do óleo junto com a manteiga e refogue a cebola até começar a dourar. Retire a cebola com uma escumadeira e coloque em uma tigela. Reserve. Na mesma frigideira, refogue o abacaxi até dourar. Junte a cebola novamente, o gengibre, o shoyu e cozinhe por mais 5 minutos mexendo de vez em quando. Retire da frigideira e reserve. Coloque o óleo restante na mesma frigideira e frite o frango, sem o tempero, até dourar. Junte o tempero e cozinhe, em fogo baixo, até secar. Junte o abacaxi com a cebola refogada e cozinhe por mais 2 minutos. Prove o sal e desligue. Sirva com couve-manteiga refogada.

Rendimento: 10 porções
Tempo de preparo: 40 minutos

A autora, Giuliana Bastos, é jornalista. Trabalhou na revista Cláudia Cozinha, teve coluna sobre café no portal IG e foi repórter de gastronomia da Folha de S. Paulo. Conheça um pouco mais sobre a autora nessa entrevista em vídeo para o site Mexido de Ideias com Sabor de Café:

***

Compre aqui:

Livraria Cultura
Amazon

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked. *