O Pelé do surfe simplesmente não para

Por / 3 meses atrás / Gaia / Nenhum Comentário

Kelly Slater fez 45 anos de idade em fevereiro deste ano. E o nome dele não é só história, não. Quem tem coragem de colocar um ponto-final ao escrever que o homem tem onze títulos mundiais de surfe profissional? Não ainda. Só ele pode pôr esse ponto. Ninguém arrisca que seu tempo passou. E que tempo! Desde 1992, acumulando vitórias: mais de cinquenta, sendo que a última foi no ano passado. Sim, aos 44 anos, Slater ganhou do atual campeão mundial, o havaiano John John Florence, com metade da sua idade, na etapa de Teahupoo (Taiti).

Na entrevista, o jornalista especializado Edinho Leite (Waves/ESPN Brasil) fala desse monstro da história do esporte, que com certeza habita o Olimpo com Muhammad Ali, Pelé, Michael Jordan entre (poucos) outros. A Editora Gaia publica dois livros para quem quer conhecer mais do gênio dos mares:  Pelo amor e A biografia de Kelly Slater – Pipe dreams.

Blog da Global – Por depoimentos, conversas de amigos, entrevistas recentes, dá para tentar entender um pouco do que se passa na cabeça de Slater neste momento da vida, ou seja, o que ele ainda quer no Circuito Mundial aos 45 anos e com onze títulos na estante?

Edinho Leite – Entender tudo o que passa dentro daquela cabeça lisa é querer demais, mas podemos tecer teses interessantes depois de tanto tempo assistindo ao que Kelly fez e faz. Ele finalmente está feliz. Deixou de ser completamente doente pela competição. Hoje dedica mais tempo à família, à filha e a outros negócios, como a piscina de ondas, sua marca e suas pranchas (e ele também é sócio da FireWire), além de todo ativismo “ecorreto” (Slats realmente se preocupa com a saúde dele e do mundo).

Quando se tornou dez vezes campeão mundial, na Costa Rica, me disse logo depois da bateria que chegaria um dia em que teria que se tratar. Não sei se foi ao médico, mas a verdade é que, já há uns três anos, ele já não me parece mais tão “doente” quanto ao aspecto competitivo. No entanto, ele, rei dos cálculos que é, sabe de sua importância dentro do cenário da WSL. A entidade, que acabou de perder seu patrocinador principal, está numa era de mudanças, e ele sabe que precisa ajudar, estando lá, para dar crédito à nova geração. No fundo, ele é, de certa forma, sócio da WSL, que se tornou sócia da piscina de ondas dele. Resumo da ópera… Se as ondas rolarem e ele encontrar o combustível certo para acender a chama de sua competitividade, pode ser campeão uma vez mais e esse seria, para ele, seu título mais importante.

Blog da Global – Gabriel Medina tem 23 anos, John John Florence tem 24. Quando estão numa bateria com Slater, 45 anos, o que acontece? É realmente como se diz, ele pode ter menos explosão física, mas a experiência compensa? Ou ele é tão forte quanto eles, não importa nesse caso a idade?

Edinho Leite – O maior atleta de todos os tempos conseguiu, à base de uma disciplina invejável, manter seu corpo em forma até aqui. Ajudado por questões genéticas, potencializou a máquina de surfar em que transformou seu corpo. Claro, sua elasticidade e resposta muscular podem já não ser as mesmas, porém, se focado e munido da determinação correta, tem um controle mental que o leva a fazer as escolhas certas, a trabalhar com a natureza quase que de forma mágica, além, lógico, de um talento e uma visão de ondas incomparáveis. Ele continua surfando de maneira única. Mas a principal chave de suas vitórias sempre foi sua mente.

Blog da Global – Você diria que Kelly Slater é um dos atletas mais impressionantes da história, entre todos os esportes?

Edinho Leite – Nenhum outro atleta dominou um esporte, dentro de uma mesma categoria, como Kelly. Sem dúvida o vejo como o maior atleta de todos os tempos, pela longevidade, pelo poder de se reinventar dentro de cenários distintos e por suplantar várias gerações de oponentes de peso. Não creio que apareça outro como ele.

* Edinho Leite é o tradutor do livro Eddie would go (Editora Gaia), sobre um dos mais influentes surfistas da história, Eddie Aikau.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked. *